07 de julho, 2015

AsBEA participa em Brasília de reunião em prol da competitividade no mercado exterior

Entidade levou pedidos de apoio para as questões que envolvem o processo das negociações internacionais e propostas para melhorar as ações de fomento à exportação de serviços do setor de arquitetura.

A presidente da AsBEA (Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura), Mirian Addor, e o diretor do escritório de arquitetura Botti Rubin, Roberto de Castro Mello, participaram, no dia 16 de junho de 2015, da 2ª Reunião para a Construção de uma Agenda de Competitividade para o Mercado Externo, promovida pela Secretaria de Comércio e Serviços do Ministério da Indústria e Comércio Exterior e de Desenvolvimento, em Brasília.

A entidade levou para a reunião pedidos de apoio para as questões que envolvem o processo das negociações internacionais e propostas para melhorar as ações de fomento à exportação de serviços do setor no Brasil. Segundo Addor, que foi recém-eleita a primeira mulher presidente da AsBEA, "entre os principais pedidos da entidade estão a criação de ações para tentar equalizar o tratamento dado aos prestadores de serviços brasileiros em concorrências e licitações de obras públicas no exterior; a quebra de barreiras tarifárias em alguns países; a criação de linha de crédito por meio do BNDES ou do Banco do Brasil para estimular as operações do segmento; além do pedido de harmonização tributária, para evitar a bitributação e melhorar as condições de atuação de prestadores de serviços".

Ainda nos pedidos de apoio, a entidade solicitou estudos sobre as dinâmicas de mercado de países-alvo (como Cuba, EUA, México, Angola, Colômbia, Peru e Chile) do setor de arquitetura e construção e reivindicou maior abertura para os escritórios brasileiros participarem de negociações fora dos tratados da OMC (Organização Mundial do Comércio), em outros acordos bilaterais ou multilaterais como, por exemplo: Trade in Services Agreement (TISA) que congrega 22 países e União Europeia e os Trans-Pacific Partnesrship (TTIP) e Transatlantic Trade and Investment Partnership (TTIP).

Como proposta para continuar o fomento da exportação de serviços, Addor reafirma o apoio efetivo ao projeto Built By Brazil, uma parceria com a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), na promoção dos arquitetos e da imagem da arquitetura brasileira em eventos internacionais, como a Expomilão 2015, Bienal de Veneza, Mipim (Cannes), entre outros.

Além disso, a entidade pretende ampliar por meio da parceira, os programas de capacitação dos arquitetos para exportação de serviços, com temas voltados à internacionalização e a realização do Comex por meio da cooperação com o Sebrae. Também pretende incentivar a promoção da arquitetura brasileira na contratação de obras públicas, especialmente as de grande visibilidade, tanto no Brasil como fora, como projetos das sedes das Embaixadas e Consulados Brasileiros.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
05/01/2016 - 2016 será o ano da Arquitetura em SP
09/10/2015 - Bienal de Chicago: Archdaily elege trabalho do Rua Arquitetos como um dos 15 imperdíveis do evento
06/10/2015 - Fernandes Arquitetos vence o African Property Awards 2015-2016
06/10/2015 - Aumenta o protagonismo da arquitetura brasileira em eventos internacionais do setor
11/09/2015 - Veja os 7 projetos mais premiados da arquitetura brasileira
11/09/2015 - Built by Brazil define planejamento estratégico para 2016 e 2017
11/09/2015 - Premiados - Museu Nacional da Memória - Bogotá - Colômbia
28/08/2015 - "Não se pode executar obra com anteprojeto", diz Miriam Addor
e-mail incorreto
e-mail cadastrado
Receba nossa newsletter:
Cadastre-se!