15 de dezembro, 2014

Entidade divulga os vencedores do 8º Prêmio AsBEA de Arquitetura

O escritório Loeb Capote Arquitetura e Urbanismo se tornou bicampeão do prêmio especial Roberto Cláudio dos Santos Aflalo

Em grande festa que contou com a presença de personalidades do cenário brasileiro da arquitetura, urbanismo e construção, no clube Hebraica São Paulo, foram anunciados os vencedores do 8º Prêmio AsBEA de Arquitetura, da Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura, que coroou os melhores projetos realizados ou idealizados no Brasil nos últimos cinco anos.

Os vencedores receberam o prêmio AsBEA e, entre eles, o de maior destaque - o prêmio Roberto Cláudio dos Santos Aflalo, em função da importância no desenvolvimento, valorização e representação da classe de arquitetos do país. Além disso, foram distribuídas menções honrosas aos finalistas designadas a critério do júri.

O escritório Loeb Capote Arquitetura e Urbanismo foi o vencedor do prêmio Roberto Cláudio dos Santos Aflalo, pela segunda vez consecutiva. A conquista se deu pelo conjunto da obra - os arquitetos conquistaram dois prêmios AsBEA e uma menção honrosa. Nesta edição se inscreveram 90 escritórios de todo o Brasil, autores de 125 projetos, construídos ou não, dos quais 27 foram consagrados com prêmios ou destaques (menções honrosas).

Os escritórios concorreram em oito categorias: edifícios e conjuntos residenciais, comerciais, serviços, institucionais, industriais, arquitetura corporativa e de interiores, residências e projetos especiais e podem se inscritos em 2 modalidades: obras concluídas nos últimos cinco anos e projetos não edificados.

Segundo o curador do prêmio, o arquiteto Marcelo Barbosa, do escritório Bacco Arquitetos Associados, "a premiação proporciona um panorama da produção recente dos escritórios de arquitetura brasileiros".

O evento teve o patrocínio da Gail, revestimentos cerâmicos; da Deca, louças e metais sanitários; da Forbo, revestimentos; da Reed Exhibitions Alcântara Machado; da feira Expo Arquitetura Sustentável; da Weber Saint-Gobain; e da Quartzolit. Apoiaram a premiação a Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos); o Projeto Built by Brazil (Programa de Internacionalização da Arquitetura Brasileira) e a Revista Projeto Design.

Confira a lista de projetos vencedores:

Prêmio Roberto Aflalo

O escritório Loeb Capote teve, na modalidade obras construídas, dois projetos vencedores (o centro de dados do Banco Santander, na categoria edifícios industriais, e a ponte Friedrich Bayer, em projetos especiais) e uma menção honrosa (Knorr- Bremse, categoria edifícios industriais). Dessa maneira, pelo conjunto de premiações, o escritório recebeu o Prêmio Roberto Aflalo 2014.

 

MODALIDADE PROJETOS EDIFICADOS

Categoria Edifícios e Conjuntos Residenciais

Arquitetura Nacional

Edifício Praça Municipal 47, Porto Alegre

O edifício Praça Municipal 47, localizado em Porto Alegre, foi projetado pelo escritório Arquitetura Nacional e está adaptado ao terreno, cuja topografia sinalizava um subsolo acomodado abaixo do térreo, conformando um acesso franco e integrado à rua. "A tipologia sugerida pelo bairro era de apartamentos de dois dormitórios, por isso apostamos na configuração simétrica, com unidades de aberturas para frente, e outras voltadas para os fundos do terreno", explica o arquiteto Marcelo Della Giustina.

Menção Honrosa:

RoccoVidal+Arquitetos 

MaxHaus Campo Belo, São Paulo

 

Categoria Edifícios Comerciais

Atelier O'reilly Estratégias Sustentáveis

Hotel Mirante do Gavião Amazon Lodge, Novo Airão, AM

A proposta para o Mirante do Gavião era criar um hotel que recebesse turistas interessados em conhecer a diversidade da flora e da fauna da Amazônia, com amplas acomodações, integrado ao entorno, e que também funcionasse como ponto de conexão entre as deslocações fluviais, comuns naquela parte do país, e os caminhos feitos por terra. A resposta a essa demanda se materializou em edificações feitas com materiais e tecnologias construtivas locais. De acordo com os sócios do Atelier OReilly, a experiência dos trabalhadores com a construção de barcos de madeira - técnica que vem sendo transmitida entre as gerações - deu segurança à equipe para que fosse adotada no projeto da pousada. A configuração plástica dos blocos que formam o conjunto é decorrente desse domínio. Trabalharam na execução do hotel 60 pessoas treinadas para a construção em madeira.

Não houve menção honrosa.

 

Categoria Edifícios de Serviços

FGMF Arquitetos

Edifício Corujas, São Paulo

A área de implantação do Corujas, empreendimento comercial desenhado pelo escritório FGMF Arquitetos para a incorporadora Idea!Zarvos, foi mudando no decorrer do projeto. Aumentou, em síntese, o tamanho do terreno, que, apesar do formato irregular decorrente da permanência de uma casa na sua parte frontal, favoreceu a ampliação do pátio aberto e de uso coletivo que intermedeia os dois blocos edificados. Posicionados nas divisas frontal e posterior do lote - esta última lindeira ao córrego de mesmo nome do conjunto -, os edifícios têm três e quatro andares, respectivamente, sendo dúplex as unidades no térreo/fundos.

Menção Honrosa:

Terra e Tuma Arquitetura e Urbanismo

Casa + Estúdio, São Paulo.

VilaNova Arquitetura

Casa 233, Campina Grande, PB

 

Categoria Edifícios Institucionais

3C Arquitetura e Urbanismo

Biblioteca Paulo Freire, Foz do Iguaçu, PR

Parte do plano diretor do polo educativo Parque Tecnológico de Itaipu, localizado na cidade paranaense de Foz do Iguaçu, a Biblioteca Paulo Freire é a expressão arquitetônica dos conceitos de baixa densidade e de evidenciação da preexistência que orientam as várias escalas do projeto - urbano e de edificações - concebido pelos arquitetos do 3C Arquitetura e Urbanismo para a Itaipu Binacional. 

Menção Honrosa:

GCP Arquitetos

Arena Pantanal, Cuiabá

BCMF Arquitetos

Mineirão, Belo Horizonte

Lazuli Arquitetura

Teatro Francisco Nunes, Belo Horizonte

 

Categoria Edifícios Industriais

Loeb Capote Arquitetura

Data Center Santander, Campinas, SP

Em vez de propor insípidos bunkers, o escritório Loeb Capote Arquitetura e Urbanismo, de São Paulo, trabalhou de maneira criativa o concreto no projeto da central de dados do Banco Santander, em Campinas, SP. O material se destaca especialmente nas coberturas de dois prédios do complexo e nas engenhosas colunas onde elas se apoiam.

Menção Honrosa:

Loeb Capote Arquitetura e Urbanismo

Knorr-Bremse, São Paulo

 

Categoria Arquitetura Corporativa e de Interiores

Olivo Gomes Arquitetos Associados

Sede da Millward Brown, São Paulo

Parte da estrutura da torre Center 3, na avenida Paulista, em São Paulo, foi revelada no projeto de interiores que o escritório paulista Olivo Gomes Arquitetos Associados, idealizou para receber a nova sede da Millward Brown.O uso de cores para diferenciar os ambientes e a comunicação visual qualificam a intervenção.

Menção Honrosa:

FGMF Arquitetos

Restaurante Deliqatê, São Paulo

 

Categoria Residências

Sotero Arquitetos

Casa do Bomba, Palmeiras, BA

Elevada do solo, com varanda em balanço e generosamente aberta para a paisagem. Essa é a síntese do projeto para a casa do Bomba, que o escritório Sotero Arquitetos, sediado na capital baiana, criou na região da chapada Diamantina, em Palmeiras, naquele estado. O principal material através do qual a arquitetura se expressa é o concreto, que a equipe do estúdio define como "pedra concebida pelo homem".

Menção Honrosa:

FGMF Arquitetos

Casa das pérgolas deslizantes, Bauru, SP

RoccoVidal+Arquitetos 

Residência em Itatiba, SP

CR2 Arquitetura

Casa Jardins, SP

 

Categoria Projetos Especiais

Loeb Capote Arquitetura e Urbanismo

Ponte Friederich Bayer, São Paulo

A proposta da ponte para pedestres e ciclistas que transpõe o rio Guarapiranga, na zona sul de São Paulo, e reduz o trajeto entre a sede da Bayer e as estações ferroviárias próximas tem a autoria do escritório Loeb Capote Arquitetura e Urbanismo. Apoiada em dois pontos, a obra de arte vence 90 metros e tem vão central móvel, para permitir a navegabilidade.

Menção Honrosa:

Soma Arquitetos

Edifício Odebrecht, São Paulo

MODALIDADE PROJETOS NÃO EDIFICADOS

 

Categoria Edifícios de Serviços

VilaNova Arquitetura

Complexo Motta, Campina Grande, PB

O Complexo Mota faz parte de uma proposta de intervenção de escala urbana no patrimônio construído de Campina Grande, interior da Paraíba, com o objetivo de recuperar conjuntos arquitetônicos descaracterizados pelo processo de modernização da cidade.

Menção Honrosa:

Ideia 1 Arquitetura e Planejamento

ELO - Mixed Use, Novo Hamburgo, RS

 

Categoria Residências

CR2 Arquitetura

Casa 2 + 5, Recife

O projeto do escritório CR2 Arquitetura atende à demanda de um jovem casal por uma casa que valorizasse e se voltasse ao máximo para a robusta vegetação do terreno vizinho, que, com quase mil metros quadrados de área, faz parte do setor não edificável de um condomínio fechado distante da capital pernambucana.

Menção Honrosa:

Frederico Zanelato Arquitetos

Casa TCP, Mogi das Cruzes, SP

 

Categoria Edifícios e Conjuntos Residenciais

Menção Honrosa:

MeiaUm Arquitetos

Conjunto SQN W 303 Bloco F, Brasília

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
05/01/2016 - 2016 será o ano da Arquitetura em SP
09/10/2015 - Bienal de Chicago: Archdaily elege trabalho do Rua Arquitetos como um dos 15 imperdíveis do evento
06/10/2015 - Fernandes Arquitetos vence o African Property Awards 2015-2016
06/10/2015 - Aumenta o protagonismo da arquitetura brasileira em eventos internacionais do setor
11/09/2015 - Veja os 7 projetos mais premiados da arquitetura brasileira
11/09/2015 - Built by Brazil define planejamento estratégico para 2016 e 2017
11/09/2015 - Premiados - Museu Nacional da Memória - Bogotá - Colômbia
28/08/2015 - "Não se pode executar obra com anteprojeto", diz Miriam Addor
e-mail incorreto
e-mail cadastrado
Receba nossa newsletter:
Cadastre-se!