11 de setembro, 2015

Veja os 7 projetos mais premiados da arquitetura brasileira

Por blog da Galeria da Arquitetura

De algumas décadas para cá, a arquitetura brasileira vem consolidando um estilo próprio, arrojado e muitas vezes, premiado. Dos escritórios tradicionais aos recentes, os projetos de arquitetura nacionais alcançam reconhecimento e prestígio mundial.

A seguir, estão alguns dos projetos que nos trouxeram mais prêmios e se tornaram verdadeiras obras de arte.

 

Praça das Artes

Projetado pelo escritório Brasil Arquitetura, o espaço cultural é uma união dos prédios que abrigam o teatro municipal de São Paulo, o centro de documentação artística, o museu do teatro municipal, a administração, as salas de recitais, as áreas de convivência e o estacionamento.  Desafiado por um solo difícil e uma região com histórico de abandono a edifícios culturais, o projeto levou 6 anos para ser concluído. Em 2014 foi reconhecido mundialmente pelo prêmio Icon Awards, da Icon Magazine, na categoria Edifício do Ano; e ficou entre os 76 finalistas do Designs of the Year 2014, premiação promovida pelo Museu de Design de Londres.

 

Edifício Corujas

Localizado na região predominantemente residencial e cultural da Vila Madalena, o Edifício Corujas vai na contramão dos tradicionais complexos corporativos. O espaço fluido e livre dá a clara impressão de humanização, já que as áreas de convívio, jardins e o café ficam no centro dos escritórios integrados. Projetado pelo FGMF, somente em 2014 a obra foi premiada com: Primeiro lugar na categoria Commercial Building Concept do Re-Thinking the Future Awards; Primeiro lugar na categoria Arquitetura do Americas Property Awards; Primeiro lugar no Prêmio Dedalo Minosse 2014; Primeiro lugar na categoria Edifícios de Serviços no 8º Prêmio ASBEA; único prêmio de Arquitetura na categoria Edificações do IAB-RJ.

 

Confira aqui o Web Seminário da série "Arquitetura Essencial", realizado pela Galeria da Arquitetura, que teve a participação de Fernando Forte do FGMF.

 

Casa Paraty

Finalizada em 2009, a Casa Paraty foi projetada pelo studio mk27. Regido pelo arquiteto Marcio Kogan, o projeto levou no mesmo ano o primeiro lugar do Leaf Awards, e melhor arquitetura do prêmio International Property AwardsNo ano seguinte, foi campeão da categoria Best New Private da revista britânica Wallpaper e vencedor do prêmio de arquitetura promovido pelo IAB-SP

 

Edifício Harmonia 57

Projetado pelo escritório franco-brasileiro Triptyque Arquitetura, o Edifício Harmonia também está localizado na Vila Madalena. Em 2009, ano seguinte ao término do projeto, ganhou a menção honrosa do 9° Jovens Arquitetos promovido pela IAB-SP, na categoria obras concluídas. Em 2010, consagrou-se como o projeto sustentável que mais proporciona qualidade de vida, com o prêmio austríaco Zumtobel Group Awards.

 

Sala São Paulo

Um dos cartões postais da capital paulista, a Sala São Paulo teve uma longa história até ser finalizada. Em 1997, a Secretaria de Estado da Cultura convidou o arquiteto Nelson Dupré para realizar uma restauração no local. Iniciada em 1920, a obra foi abandonada e retomada diversas vezes, até tornar-se efetivamente um local de apresentação de orquestras e balés. Em 15 anos, os prêmios que o Dupré levou para casa com o retrofit da Sala São Paulo são inúmeros: USITT Architecture Award 2000Honor Award em 2000; Menção "Hors Concours" pelo IAB/SP em 2000; Prêmio ECO 2000 na categoria cultura em 2000; Medalha Dr. Ulysses Guimarães, 2001; Prix d'Excellence 2001, categoria melhor projeto de Uso Público do Mundo em 2001; e Prêmio AsBEA, na categoria Arquitetura Institucional em 2002.

 

Livraria Cultura

Também projetada pelo escritório studio mk27, a Livraria Cultura está no Shopping JK Iguatemi. Caracterizada pelo espaço amplo, Marcio Kogan a define como "um ponto de encontro com livros ao fundo". Em 2014, foi a vencedora do prêmio Comercial do INSIDE World Festival of Interiors, em Singapura. Em 2015, conquistou o primeiro lugar na categoria Design de Interiores do maior concurso de design do mundo, promovido pelo instituto IF, o iF Design Awards 2015.

 

Biblioteca Brasiliana

biblioteca que abriga a mais importante coleção particular de livros e manuscritos, possui 21 mil metros quadrados em um terreno de 25 mil dentro da Universidade de São Paulo (USP). Finalizado em 2013, é um projeto dos escritórios MINDLINLOEB+DOTTO Arquitetura com Eduardo de Almeida Arquitetos. No mesmo ano, ganhou o prêmio de melhor obra na categoria Arquitetura, pela Associação Paulista de Críticos da Arte (APCA).

 

Crédito/fonte da foto: Nelson Kon, FGMF Arquitetos, http://www.galeriadaarquitetura.com.br, Fernando Guerra.
Fonte do post: Arquitete Suas IdeiasBBMBondeGaleria da Arquiteturaresidenciais.orgASBEAConcursos de ProjetoSala São Paulo e Dupré Arquitetura 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
05/01/2016 - 2016 será o ano da Arquitetura em SP
09/10/2015 - Bienal de Chicago: Archdaily elege trabalho do Rua Arquitetos como um dos 15 imperdíveis do evento
06/10/2015 - Fernandes Arquitetos vence o African Property Awards 2015-2016
06/10/2015 - Aumenta o protagonismo da arquitetura brasileira em eventos internacionais do setor
11/09/2015 - Built by Brazil define planejamento estratégico para 2016 e 2017
11/09/2015 - Premiados - Museu Nacional da Memória - Bogotá - Colômbia
28/08/2015 - "Não se pode executar obra com anteprojeto", diz Miriam Addor
21/08/2015 - X
e-mail incorreto
e-mail cadastrado
Receba nossa newsletter:
Cadastre-se!